sexta-feira, 15 de março de 2013

Resenha Química Perfeita.

Química Perfeita 

Autor: Simone Elkeles.
Editora: Underworld.
Numero de páginas: 307.

Sabem eu comecei a ler este livro com uma ideia totalmente equivocada sobre ele, não esperava tudo que ele proporciona e no começo pensei "Ish, não é como achava, vai ser uma merda." e adoro dizer que me enganei ao pensar isso.
Fairfiel tem um problema, é dividido e isso é bem representado no colégio, onde os brancos são uma turma e os mexicanos outra.
Então a professora de química, Sra. Peterson resolve ela escolher os lugares dos alunos, pois ela deseja mudar o mundo a sua maneira, nisso coloca Brittany, uma loira, lider de torcida como parceira de Alex, um mexicano que faz parte de uma gangue.
Aqui vem algo bem básico, Alex faz uma aposta que consegue transa com Britt, mas o centro da história não é esse.
É como a vida deles vão mudando ao se relacionarem, é ver que embora tão diferentes são também muito parecidos e que nem tudo que se vê é verdade.
Também apresenta o ambiente de gangues, eu não sei se de maneira real, pois não faço parte de uma, mas me pareceu bem real.
Esse livro não é o que ele promete, você espera um romance e ele te leva muito além disso. Vida perfeita ninguém tem.
Achei que não tinha maneira desse livro terminar bem, eu pensei, é isso lá vamos nós para mais um final triste e horrível e vocês vão ter que ler para saber como é, mas o que digo é que vale a pena, muito mesmo.

Personagens
Brittany: ela é a famosa lider de torcida que namora o capitão de futebol, tudo básico, mas o mundo dela não é o que parece embora ela esconda muito bem.
Alex: nem todo mundo que faz parte de uma gangue é mal e Alex também esconde bem quem é seu verdadeiro eu.
Paco: melhor amigo de Alex e que é adoravel.
Isabel: amiga de Alex e que acaba se tornando amiga de Britt.
Sierre: melhor amiga de Britt, no começo chatinha e depois mostra quem é.

Escrita: eu achei muito fácil de ler a escrita da autora, li em menos de 24h. Ela também intercala, um capitulo do ponto de vista do Alex e outro da Britt.

Capa: adoro essa capa, a editora é a melhor em capas na minha opinião e quando vi essa sabia que tinha que ler o livro.

Enredo: não é o que se espera, mas é melhor e mais profundo e gosto do como ela lidou o tempo todo com o rumo da história.

Classificação: 10/10.


— Brittany, espere! — ouço uma voz dizer.
Eu me viro e fico face a face com o cara que vem atravessando os sonhos que tenho, acordada ou não, dia e noite. Alex: o cara a quem tanto detesto... O que não consigo tirar do pensamento, não importa o quanto eu tenha bebido.
— Não ligue para o Javier — diz Alex. — Às vezes ele perde a noção das coisas.

15 comentários:

  1. Quero muito ler esse livro mas, se me perguntarem o motivo, não saberei dizer responder. ou, não saberia, já que agora com a resenha (e o quote, tão "uou, eu quero" ) eu fiquei tipo... ai meu deus, ai meu deus, ai meu deus! Quero pra ontem *_*

    Gislaine Alves
    atualizado, comenta?
    Jeito Inédito
    {ah, eu tô seguindo. Se quiser retribuir ficarei muito agradecida :D}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei a capa, depois me apaixonei pela sipnose e logo pelo livro, é diferente do normal.
      Já estou seguindo lá Gislaine! =)

      Excluir
  2. Ahhhhhh, faz tanto tempo que quero esse livro *-* Tipo, desde que ele foi lançado. HAHA Já li outro livro da autora, e acho a narrativa dela ótima! O mais legal é que esse livro parece surpreender a todos de uma maneira bem positiva... Querendo muito :3 Ainda mais depois de sua resenha haha.

    Amei a resenha!!
    Beijos, flor :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não li outro livro da autora, qual você leu Naia?
      Eu indico esse sim!

      Excluir
  3. bem clichê, mas parece ser bom
    Só eu achei a capa igual a "O lado bom da vida"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade é a capa do O Labo Bom da Vida que parece com o dele, já que ele foi lançado antes.

      Excluir
  4. Não só vc Francielly! Eu tambem achei muito parecido com lado bom da vida! Eu acho que a linguagem dele parecida com Estilhaça-me...A unica parte que eu gostei da capa foi a Fonte da letra!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não achei a linguagem parecida com Estilhaça-me.
      E O Lado Bom da Vida com aquela capa foi lançado após ele. =)

      Excluir
  5. Não gosto muito desse livro, ja me falaram super mal dele que peguei antipatia .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nuss. Eu gostei. Tenta ler um pedaço para ver o que acha.

      Excluir
    2. Para mim foi ao contrario! Me disseram que é ótimo.

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Eu ri muito quando você disse sobre a guangue, que não sabia se estava sendo abordado de maneira real pois não fazia parte de uma kkkkkkkk...
    Eu gostei da sinopse..ainda não li, mas tá na minha meta se alá quiser -.-

    E é legal, pq o livro fala de preconceito e das diferenças..é bom quando os livros modernos passam essa conscientização.. quero muito ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não falo mesmo. shaushausahuhs. É todo mundo tão normal perto de mim que fica até chato.
      Sim, o livro mostra bem isso!

      Excluir
  8. Sou louca neste livro! A capa é perfeita e a história é o tipo de história que eu gosto.

    ResponderExcluir