sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Resenha Juntos Para Sempre.

Juntos para sempre  

Autor: Cameron Dokey.
Editora: Ática.
Numero de páginas: 160.

Vocês disseram que iam esperar a minha resenha sobre o livro quando deixei um trecho dele aqui no blog, então aqui vem ela.
Já li esse livros faz mais de anos acho, mas nisso eu tenho uma memória relativamente boa, eu gosto dessa Coleção Primeiro Amor, o nome te faz pensar em algo menininha, mas é puramente romance, se você gosta de romance não se prenda ao nome da coleção.
A Natalie é fanatica por astrologia e acredita que certos signos são seu par perfeito, como os taurinos e tem signos que ela simplesmente não vai se dar bem como gêmeos, quando conhece Dean acha que ele é um taurino, assim ela se apaixona, até o dia que descobre que Dean é de gêmeos.
Acho que inves de se entenderem com a Natalie, vão se ver no Dean, afinal é uma loucura levar sua vida em cima de astrologia, mas quem não aguentou as loucuras de alguém que gostava?
Mesmo eu tendo vontade de xingar a Nath as vezes, ela é uma personagem divertida e o livro flui muito bem, motivo pelo qual gosto dele, é um romance normal, mas uma pessoa meio louquinha.
A questão do livro é que você tem que decidir entre o que acredita e o amor, qual você escolheria?

Personagens
Natalie: você vai gostar da Natalie as vezes e querer estrangular ela em outras.
Dean: deveria ser santificado por aguentar as loucuras da Nath e ainda gostar dela, é um personagem muito bom.

Escrita: como eu disse antes, é muito bem escrita, flui tão simplesmente e isso é muito bom.

Capa: as capas da coleção são sempre simples, mas eu gosto delas, pois demonstra os personagens muito bem na maioria das vezes.

Enredo: é legal o desenrolar de como tudo acontece, não se vai pulando, vai realmente se construindo um relacionamento.

Classificação: 10/10. 

— Dean — sussurrei — qual é o seu signo? 
Os olhos de Dean se voltaram de supetão para Mr. Dixon. O Panaca odeia quando alguém fala durante suas aulas. Sobretudo se falam enquanto ele está falando. 
— O quê? — Dean sussurrou de volta. 
— Qual é o seu signo? — repeti um pouco mais alto. 
— Ah, senhorita Taylor, senhor Smith! — Mr. Dixon falou alto, lá da frente da classe. — Fico muito feliz em saber que vocês dois estão em ótima forma vocal hoje. 
Pude sentir meu coração cair de uma só vez até o fundo das minhas botas de couro novas. Alguma punição diabólica sempre recaía sobre os alunos que quebravam a lei do silêncio de Mr. Dixon. Os escorpianos não são famosos por sua paciência, mas eu me arrependi amargamente de não ter agüentado até o fim da aula para falar com Dean.
— A melhor maneira de sentir o poder da linguagem de Shakespeare é ouvir seus textos lidos em voz alta — Mr. Dixon informou. 
Ele parecia estar se deliciando com a chance iminente de humilhar Dean e eu diante de toda a classe.


5 comentários:

  1. Nossa, adorei a resenha. Gostei muito da história e sua resenha me deixou super curiosa! Também achei a capa bem simples, mas com uma história dessa, não precisa de mais nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou uma doida por romance e esse é tão fofo que não tive como não gostar.

      Excluir
    2. Não tenho ctz se nossos gostos de parecem Cath's, mas a sua avaliação do livro me animou bastante :)

      Excluir
    3. Ah estou morrendo de vontade de ler este livro!

      Excluir
  2. Eba! Estava louca pela resenha, e agora estou querendo o livro kkkk

    ResponderExcluir