terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Resenha Eclipse.


Eclipse

Autor: Stephenie Meyer.
Editora: Intrínseca.
Numero de páginas: 446.

Começa a ter mortes que indicam ser vampiros os causadores, isso teria algo a ver com os Cullen?
Enquanto isso a escolha de Bella por Edward a afasta de Jacob, as coisas se complicam quando ela tenta se reaproxima de Jake e como Edward lida com isso.
Parece que algo de muito errado está acontecendo, mas eles não conseguem ver o que.
Teria os vampiros ter que se unir com os lobos para resolver o assunto? Seriam capazes de fazer isso?
Eu tenho uma relação de amor e ódio por esse livro, tem um dos dialogos que mais gosto, mas também Edward sofre e eu detesto ver ele sofrendo.
Eu não sei se comentei antes, mas adoro o Seth. ♥

Personagens
Bella: dizem que ela é sonsa, eu não acho, ela é uma garota basicamente normal, não é aquilo: Bella pode lutar contra um vampiro, não existe no livro aquilo de cruzes nem nada.
Edward: eu adoro o Edward e sou team Ed e sim adoro o Robert representando ele nas telonas, gosto da maneira certinha e meio careta do Ed de ser.
Alice: adoro a Alice e acho que basicamente todo mundo também, com seu vicio por moda e sua energia.
Jasper: Jasper é o que tem a história mais triste talvez, fui adorar o Jasper mesmo quando escrevi uma fic Alice/Jasper.
Rosalie: adoro ela, seu mau humor e reclamações.
Emmett: ♥ Emmett é perfeito, brincalhão e intenso.
Jacob: eu parei de implicar com o Jacob quando terminou os livros, agora eu consigo ver que ele é um bom amigo.
Charlie: as melhores tiradas ficam pelo pai da Bella, Charlie tem umas que é uma comédia.

Escrita: gosto de como Meyer consegue demonstrar bem a confusão que são os sentimentos e pensamentos da Bella nesse livro.

Capa: sempre que eu olho para essa capa agora me lembro de 50 Tons não sei porque, gosto dela.

Enredo: esse é um livro que tem mais ação, claro que por ser narrado pela Bella você perde um pouco da ação, mas ganha outra e nem por isso deixa de ser um livro romantico.

Classificação: 10/10.


"Oh, é. Vocês podem ouvir os pensamentos uns dos outros, mas só quando são
os, certo?"
"Certo. Igual ao seu sugador de sangue".
"Edward", eu corrigi.
"Claro, claro. É assim que eu sei tanto sobre como Sam se sentiu. Não é como
ele fosse nos contar isso se ele tivesse escolha. Na verdade, isso é uma coisa que
os nós odiamos." A acidez repentinamente endureceu a voz dele. "É horrível. Sem
vacidade, sem segredos. Todas as coisas das quais você se envergonha, expostas
 todo mundo ver". Ele estremeceu.
"Parece horrível", eu sussurrei.
"Isso é útil quando nós precisamos nos coordenar", ele disse carrancudo. "Uma
 a cada lua azul, quando um sugador de sangue ultrapassa o nosso território.
urent foi divertido. E se os Cullen não tivessem ficado no nosso caminho no Sábado
sado... ugh!" ele rugiu. "Nós podíamos ter agarrado ela!" Os punhos dele viraram
as bolas raivosas.
Eu enrijeci. Mesmo me preocupando que Jasper ou Emmett se machucassem,
o não era nada comparado com o pânico que eu senti com a idéia de Jacob tentando
rentar Victoria. Emmett e Jasper eram as duas coisas mais próximas do
estrutível que eu podia imaginar. Jacob ainda era quente, ainda era
omparativamente humano. Mortal. Eu pensei em Jacob enfrentando Victoria, seu
elo brilhante esvoaçando ao redor do seu rosto estranhamente felino... e estremeci.
Jacob olhou pra mim com uma expressão curiosa. "Mas não é assim pra você o
mpo todo? Tendo ele em sua cabeça?"
"Oh, não. Edward nunca está em minha cabeça. Ele só deseja isso".   
A expressão de Jacob ficou confusa.

2 comentários:

  1. Adorei a descrição do Edward. Tô contigo, Cath's! ;)

    ResponderExcluir
  2. Ai, esse foi o livro que eu mais gostei da serie! Ai Cah, não sei como você não vê que o Jacob é feito para a bella!

    ResponderExcluir