quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Lançamento - Intrínseca.


Olá, pessoas queridas e amadas, que comentam e me deixam feliz! Estão conseguindo controlar a falência? Eu estou lutando bastante para manter o controle e fazer de conta que nem estou com uma lista enorme de desejados, mas como eu estou sempre vendo novidades, lançamentos, admito que está sendo bem difícil. Então, como gosto muito de vocês e não quero sofrer sozinha vou mostrar alguns lançamentos de Fevereiro da Intrínseca. 



O fio - Victoria Hislop 

Tessalônica, 1917. No momento do nascimento de Dimitri Komninos, o fogo devasta a cidade multicultural onde cristãos, judeus e muçulmanos convivem. Cinco anos depois, a jovem Katerina foge para a Grécia quando sua casa na Ásia Menor é destruída pelo exército turco. Ao se perder da mãe em meio ao caos, ela acaba em um navio cujo destino é desconhecido. Desde esse dia, as vidas de Dimitri e Katerina se entrelaçam: entre si e com a história da cidade. Fruto de uma pesquisa meticulosa, O fio tem como cenário a tortuosa história política da Grécia no século XX. A narrativa emocionante de Victoria Hislop — também autora de A ilha e O retorno — une ficção e história ao contar a saga de duas famílias na segunda maior cidade grega.






Extraordinário - R. J. Palacio 

Primeiro lugar da lista de best-sellers do The New York Times e eleito um dos melhores títulos YA de 2012 nos Estados Unidos, o premiado livro de estreia da americana R. J. Palacio traz à tona a luta contra o preconceito ao contar a história de August Pullman, um menino de 10 anos que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Prestes a frequentar a escola pela primeira vez, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

*Para espalhar essa mensagem de aceitação, Palacio iniciou uma campanha antibullying no site choosekind.tumblr.com









No escuro - Elizabeth Haynes

 Quando Catherine conhece Lee, acredita ter encontrado o homem de seus sonhos. Com o tempo, porém, esse homem maravilhoso revela-se extremamente ciumento e controlador. Amedrontada, ela tenta terminar o relacionamento, mas, ao pedir ajuda aos amigos, descobre que ninguém acredita nela. Quatro anos mais tarde, Lee está na prisão e Catherine, agora Cathy, tenta reconstruir a vida em outra cidade, mas o trauma infligido pelo ex-namorado a transformou em uma pessoa bem diferente. Vencedor do prêmio Amazon Rising Stars em 2001, o thriller arrebatador de Elizabeth Haynes é um retrato ousado da obsessão.











A Torre Invisível (Série Crônicas do Outro Mundo, Vol. 1)  - Nils Johnson-Shelton 
No mundo que conhecemos, onde vive o garoto Artie Kingfisher, magos chamados Merlin, dragões que soltam fogo e espadas mágicas existem apenas em lendas e contos de fadas. Isso, porém, muda completamente no dia em que ele começa a receber mensagens saídas de seu jogo de videogame favorito, chamado Outro Mundo.
Pistas misteriosas levam Artie até uma loja estranha, A Torre Invisível, e lá ele descobre que é o sucessor do lendário rei Arthur e embarca em uma jornada digna dos cavaleiros da Távola Redonda para terminar a missão capaz de salvar este e o outro universo.






Beijos e até a próxima ;D

7 comentários:

  1. Ownt minha cara esse " A Torre Invisével!'
    e "no Escuro" vou ter que ler, parece ser surpreendente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que temos a mesma cara então hehehe

      Excluir
    2. haushaus
      Adoro os comentários da Alessandra ;)

      Excluir
  2. Extraordinário <3 Estou louca para ler esse livro, vou chorar rios!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei a estória de Extraordinário interessante - li algumas resenhas - mas, acho que deve ser um pouco dramática, e não quero ler nada assim no momento.

      De drama na minha vida já basta o tanto de provas e trabalhos da faculdade :P

      Excluir
    2. Nossa nem me fale! Mas eu gosto de ler livros assim, gosto de chorar por causa das histórias.

      Excluir
  3. A estória de que mais gostei foi a de No escuro.

    ResponderExcluir