quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Resenha Cidade de Vidro.


Autor: Cassandra Clare.
Editora: Galera Record.
Numero de páginas: 474.

Nesse livro finalmente vamos a Cidade de Vidro, lar dos Caçadores de Sombras, Clary descobre quem pode acordar sua mãe e precisar ir numa busca, Jace, Alec e Isabelle tem que se apresentar para os pais se explicarem a Clave.
Lendo esse livro você nota que era para ser uma trilogia, pois ele tem um final para o que vive ao longo dos dois livros anteriores.
Jace tentando se afasta de Clary consegue ser bem malvado com as coisas que diz e nisso surge Sebastian Verlac para ajudá-la a achar Ragnor Fell, o bruxo que pode salvar sua mãe.
Ao mesmo tempo Jace tem que ajuda a libertar Simon que acabou vindo para a cidade junto porque estava ferido e sem para onde ir.
Se vocês detestaram a Inquiridora vão detestar o resto do pessoal da Clave, é o verdadeiro "o poder faz mal", eles dão muito nojo.
O livro conta com cenas Clary/Jace que são basicamente triste, vendo a situação deles (tentando não contar nada de mais para quem ainda não leu a série).
Minha opinião? Se eu me apaixonei? Me apaixonei muito, novamente Jace consegue te fazer querer bater nele e ao mesmo tem abraça e não solta.
Alec finalmente toma jeito nesse livro, Isabelle continua igual ao meu ver, Magnus adorável e tem duas morte que você não irão gostar. Eu quase morri com uma.
Clary finalmente fica mais independente, agora ela vai atrás do que quer sem precisar da ajuda do Jace, mesmo assim ainda parece que ela tem muito o que crescer.

Classificação: 10/10.

Personagens:

Jace: Nesse livro ele passa por várias mudanças, afinal a vida dele sempre é um mistério atrás do outro que vem pulando em cima dele e apesar do sarcasmos ele é sensível e tudo abala muito ele, rende cenas perfeitas. ♥
Clary: Como disse acima neste livro ela está mais ativa e acaba sendo muito importante, tem uma jogada de mestre que muda tudo.
Sebastian: Esse personagem acaba sendo muito importante, me juntou adorei/detestei, algo a dizer sobre ele é que é intenso.
Alec: Uma das melhores cenas do livro é do Alec, ele continua encantando no espaço que tem.
Isabelle: Nesse livro ela me deu vontade de bater nela por ser tão chata, mas depois sente vontade de abraça-la.
Magnus: Sempre vem com as melhores tiradas, acho que Magnus é complexo de se entender e deve render muito na série ainda.
Simon: Eu consigo gostar mais dele nesse livro, talvez porque ele está se focando mais nos seus relacionamentos sem a Clary, mas ainda não fui para o quarto livro, pois dizem que tem muito Simon e eu ainda implico com ele.
Valentine: Eu adoro algo que Clary pensa não lembro se nesse ou no segundo, que Valentine teve ideias boas, mas com o passar do tempo ele se esqueceu das considerações e acabou exagerando, mas a ideia original era boa, você vê mais do Valentine antigo nesse livro.
Luke: Adoro o Luke, ele tenta muda a Clave mesmo arriscando sua própria pele e tem um poder como o de Valentine, mas cada um usa para um lado.
Jocelyn: Eu não me encanto por ela, ainda mais quando soube da história de vida que ela tem, gostei menos ainda dela.

Escrita: Cassandra consegue cada vez mais melhorar, afinal a medida que os livros passam ela coloca mais de cada personagem e com isso consegue captar cada um de maneira diferente.

Capa: Eu ainda não entendo porque o carinha da capa não é loiro, afinal Jace é, tirando isso adoro as capas, o brilhos, as marcas!

Enredo: Antes de ler eu achei que ia ser mais enrolação sem Valentine nele, mas não é, é incrível  ela consegue te deixar ansioso e sem saber o que vem pela frente.


Spoiler!

- Jace - ela sussurrou de repente, e por nenhuma razão que ela pudesse identificar, ela estava assustada pelo o que ele estava prestes a dizer. - Jace, você não tem...

- Eu estava tentando ir...para algum lugar - Jace disse. - Mas eu ficava voltando para cá . Eu
não podia parar de andar, não podia parar de pensar. Sobre a primeira vez que eu vi você, e
como depois daquilo eu não podia esquecer você. Eu queria, mas eu não podia parar a mim
mesmo. Eu forcei Hodge a me deixar ser quem iria encontrar você e te levar de volta ao
Instituto. E mesmo de volta, naquela estúpida cafeteria, quando eu vi você sentada no sofá
com Simon, mesmo então aquilo pareceu errado para mim...eu deveria ter sido o que estava
sentado com você. Quem te faria rir daquele jeito. Eu não podia me livrar desse sentimento.
Que deveria ter sido eu. E quanto mais eu conhecia você, e mais eu sentia isso – que nunca
havia sido daquele jeito para mim antes. Eu sempre quis uma garota e então, chegava a
conhecê-la e não a queria mais, mas com você o sentimento ficou mais e mais forte, até
aquela noite quando você apareceu no Renwick e eu soube.

- E então eu descobri que a razão para eu me sentir dessa maneira – como se você fosse
alguma parte de mim que eu tinha perdido e nunca nem mesmo sabia que eu estava
perdendo, até que eu vi você de novo – que a razão era que você era minha irmã, isso
pareceu com algum tipo de piada cósmica. Como se Deus estivesse cuspindo em mim. Eu
nem mesmo sei pelo que – por pensar que eu pudesse na verdade ter você, que eu
merecesse algo como isso, por ter aquela felicidade. Eu não podia imaginar o que era que
eu tinha feito para estar sendo punido...

- Se você está sendo punido - Clary disse - então eu também estou. Porque todas as coisas
que você sente, eu sinto também, mas não podemos...nós temos que parar de nos sentir
dessa maneira, pois é a nossa única chance.

As mãos de Jace estavam apertadas em seus lados. 

- Nossa única chance para que?

- Para estarmos juntos. Por que de outra forma nós não podemos ficar ao lado um do outro,
nem mesmo na mesma sala, e eu não posso suportar isso. Eu prefiro ter você em minha vida
como um irmão do que de modo algum.”


Torno a repetir: vejam Cidade dos Ossos nos cinemas e me façam feliz. *Saindo antes que vocês batam em mim.*

14 comentários:

  1. Eu ganhei esse livro numa promoção mas ainda não tenho os outros da série para ler. Tenho que comprar Rsrs
    Estou curiosa para assistir ao filme.
    Bjs

    Joyce
    entrepaginasesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É lindo o livro, esse está mais f* ainda que os anteriores. *-*

      Excluir
    2. Agora você me deixou curiosa :-)
      Tenho que ler!!

      Excluir
  2. Não posso ler essa resenha porque ainda não li o 2º da série.

    P.s.: Adoro essas capas, pena que perde o brilho depois de um tempo. :/

    Beijokas :*

    Blog da Mylloka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pensei a mesma coisa que a Mylla, "vou pular" pra não acabar lendo "spoiler" :P

      Excluir
  3. Ainda não li, mas as capas desta série são muito lindas!
    Bj, Aris.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem brilho. *-* (Parecendo criança.)

      Excluir
    2. Tem brilho igual anjo mecânico! *-*

      Excluir
  4. Ainda não li nenhum livro da serie, mas curiosidade é o que não falta! Vejo tantas pessoas, como você falando bem da serie que a minha vontade é comprar os livros de uma vez e lê-los

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena, submarino quase sempre tem promoção com os três primeiros.

      Excluir
    2. Tava vendo o box, está por 150 reais, um absurdo!

      Excluir
  5. Tenho esperança de ler essa serie, ela é muito boa, e as capas sao lindas!

    ResponderExcluir
  6. Comecei a ler a resenha mas fiquei um pouco perdida por não ter lido o livro anterior e não estar familiarizada com a estória e os personagens. :S

    ResponderExcluir