quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Resenha Cinquenta Tons de Liberdade.

Autor: E. L. James.
Editora: Intrínseca.
Numero de páginas: 544.

Cinquenta Tons de Cinza chegou até nós falando do sucesso estrondoso que foi em outros países, e toda a mídia em cima obviamente atraiu mais e mais olhares.
Recebemos a promessa de um atrativo e é com muito prazer que digo que isso foi cumprido no decorrer da trilogia.
Cinquenta Tons de Liberdade fecha com chave de ouro a história e quando chega ao fim você quer mais, você pensa: Não, não pode ter acabado.
O livro começa com a lua de mel de Christian e Ana, temos também uma lembrança do casamento, tirando as doidices de Ana e o temperamento controlador de Christian a lua de mel foi um sucesso, exceto que atacaram a empresa...
Nós já sabemos quem está por trás, mas não é só uma pessoa, eu realmente não esperava quem era a outra.
Quando eles voltam a rotina começa algumas discussões com Christian querendo determinar o que Ana faz e ela querendo que ele entenda que ela precisa trabalhar.
Eu não quero soltar spoller, mas depois acontece coisas com Ray, Mia e a própria Ana que agitam o fim da história e mudam Christian.
Cinquenta Tons ao contrário do que alguns pensam, para mim não trata de Ana, mas sim de Christian e de como ele evolui no decorrer da história, o que demonstra que as pessoas podem sim melhorar.
Você pega o Christian que começou e ele se transforma, mas sem mudar seu jeito, afinal ele sempre vai ser Cinquenta Tons.
Cinquenta Tons de Cinza = sensual, Cinquenta Tons Mais Escuros = romance e Cinquenta Tons de Liberdade juntou as duas coisas com perfeição.
Vocês vão se apaixonar ainda mais pelo Christian e tem uma cena tão normal deles quando vão numa viagem com os amigos, coisa mais fofa!!!

Classificação: 10/10.


7 comentários:

  1. Depois de tantas resenhas meio que boas e ruins decidi que vou ler a trilogia cinquenta tons de cinza fazer o que né , e também estou muito curioso beijos ! Adorei a resenha .

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  2. Apesar de eu não ser apaixonada pela trilogia, como muuitas pessoas. Não posso negar que o último foi o mais legal dos 3, pelo menos para mim.

    Teve um pouco mais de ação, um pouco menos de melação. Gostei bem mais dele do que dos anteriores.

    ResponderExcluir
  3. tds os 50 tons são otimos, estou lendo o 50 tons de cinza , e ate agora estou adorandu

    ResponderExcluir
  4. Parei de ler no primeiro livro e detestei. Não me imagino lendo os outros 2 livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, tu detestou? :O
      Não é a minha trilogia favorita, nem pagaria por ela, mas tbm não odiei tanto.
      Consegui ler os 3, mas curti mais o último;

      Excluir
  5. Ainda não li o 3º parei no 2º e to super curiosa para poder saber o que acontece no 3º...
    xoxo

    ResponderExcluir