sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Resenha Os Miseráveis.


Autor: Victor Hugo.
Editora: Scipione.
Numero de páginas: 1.288.

Eu li a adaptação feita por Walcyr Carrasco e nem sabia que tinha mais de um livro de Os Miseráveis nos originais, até porque quando li ele pela primeira vez tinha uns treze anos.
Eu tenho que contar a vocês o porque adoro tanto esse livro: Jean Valjean me lembra muito Sirius Black minha paixão. Mas as histórias não tem basicamente nada a ver uma com a outra é mais pelo contexto: preso por algo que não deveria ter sido preso, claro que enquanto Six não fez nada Jean fez, mais foi algo tão pequeno para se ir preso e por motivos tão nobres (?) que eu me revoltei.
Você vai acompanhar a vida de Jean Valjean que por tentar roubar um pão para a família foi preso e adivinhem: passa 19 anos na prisão! Dessa forma quando ele sai é acolhido por um bispo, mas devido a tudo que passou ele rouba e agride o bispo no meio da noite, mas este pergunta a ele porque deixou os castiçais mais valiosos e o gesto de "amor ao próximo" do bispo o faz repensar sua vida.
Tanto faz que ele se torna prefeito de uma cidade, mas o sossego acaba quando um guarda da antiga prisão onde esteve acha que ele é ele e resolve querer desmascara-lo, só que não consegue. 
Jean descobre que uma ex empregada sua teve uma filha e morreu e resolve ajudar a garota considerando-a como sua própria filha, mas nisso o guarda começa a persegui lo e Jean tem que fugir com a menina.
Uma coisa que me deixou muito chocada é que embora Jean tenha feito tudo para a garota, acolheu ela, cuidou dela e a amou, ele é só vê um garoto que se apaixona e deixa o pai, tão fácil, tão simples, invalidando tudo que ele fez por ela.
Eu gosto desse livro porque apesar da história triste, pois a vida de Jean é bem triste, ele retrata nossa humanidade: temos presos por crimes minúsculos enquanto temos soltos por crimes hediondos, mostra tanto como as vezes se tem necessidade de ferir o outro para própria satisfação e como as pessoas valem pouco umas para as outras e que quando você se importa está se auto condenando a sofrer.
É um livro lindo para reflexão, mas além disso a história é p-e-r-f-e-i-t-a.

Classificação: 10/10.

7 comentários:

  1. Eu li esse livro, mas já faz tempo, li sua resenha e comecei a me recordar um pouco da história, é um clássico, muito bom!!

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é ótimo e o filme não fica atrás. Faz muito tempo que li. Acho que está na hora de reler. Adorei sua resenha. Ótima.

    ResponderExcluir
  3. Nunca li o livro ou vi o filme, mas é um clássico que com certeza está na minha lista. Gostei muito da resenha, me empolgou mto.

    ResponderExcluir
  4. Demais! Ai eu queria ler e ver o filme...Me interessa pra caramba, a história é bem boa!

    ResponderExcluir
  5. foi um dos primeiros livros que eu li e a historia me deixou bem interessada!

    ResponderExcluir
  6. Ráá, desta vez eu conheço o livro, eu só nunca li hahaha;

    ResponderExcluir
  7. Eu amo esse livro, mal posso esperar pela adaptação, deve ser maravilhosa.

    ResponderExcluir