sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Nome Indefinido.



Todas as vezes que eu cai, esperando que você estivesse lá
Hoje eu entendo cada frase sua
Cada sorriso só escondia o que você se negava a me contar
Quantas vezes você repetiu os erros?

Quantas vezes eu acreditei ao lhe ver saindo
O que você fazia? Dizia a elas que estava só se divertindo?

3 comentários: