terça-feira, 31 de julho de 2012

Resenha Soul Love – À noite o céu é perfeito!



Título: Soul Love. - À noite o céu é perfeito!
Autora: Lynda Whaterhouse.
Editora: Melhoramentos.
Numero de paginas: 206.
Ano de Lançamento: 2006.

Sinopse:
Jenna não quer trair os amigos e não revelará o que se esconde por trás de sua expulsão do colégio, assumindo toda a culpa sozinha. Como castigo sua mãe a levou para passar algum tempo com uma tia numa tediosa cidadezinha do interior. É lá que Jenna encontra Gabe, um rapaz autêntico, melancólico e reservado. Completamente diferente de todas as outras pessoas ela conhece. É inevitável: Jenna se apaixona por ele. Será que Gabe é sua alma gêmea? Ele mostra a Jenna a beleza de um céu noturno sem nuvens, escuro, um contraste perfeito para o brilho das estrelas. E, em meio a livros, música, poesia e noites estreladas, o sentimento entre eles se torna cada vez mais forte. Mas Cleo, uma garota antipática que tem uma ligação muito estranha com Gabe, não está gostando nada desse romance. Afinal, ela não quer que ninguém mais saiba o grande segredo de Gabe...

Opinião:

Já ouvi falarem que esse livro é lindo, ele é mesmo lindo. Tem toda uma aprendizagem e fala de coisas que pessoas já passaram e te dá medo que alguém ainda passe por absurdos como esse. (Não me cabe falar o que se não perde um pouco da surpresa ao descobrir).
Jenna depois de aprontar em casa é levada para a casa da sua tia Sarah onde irá ficar por uns tempos. Você demora um bom tempo do livro para descobrir o que de fato levou Jenna a ter esse castigo e depois que lê entende porque a mãe dela não sabia mais o que fazer e logo percebe o quanto ela foi tonta ao confiar na pessoa errada, mas quem não erra em questão de amizades?
Nesse tempo ela conhece Gabe e seus amigos que tem uma banda, a Cleo, o Charlie e o Freddie. Só que Cleo tem uma relação estranha com Gabe que Jenna não sabe o que é e à medida que ela se aproxima mais dele, mais tenso vai ficando para ela.
Quando Jenna entra para a banda é totalmente obvio que Cleo não lida bem com isso e a quer longe de Gabe, mas isso seria só porque ela é apaixonada por ele?
Além disso, ela tem que lidar com sua tia Sarah e o rompimento com o namorado Kai que ela sabe que não presta, mas que a tia não quer entender isso.
Quando seus antigos amigos voltam para o festival que vai ter, Jenna vai ter que lidar com a verdade e talvez com um rompimento.
Como eu disse antes é um livro muito lindo e com lições de amizade e acima de tudo de amor, um amor que é maior que você, onde deseja fazer o bem para aquela pessoa mesmo que não seja na verdade o certo.

Jenna, O que dizer? Sinto-me tão mal por ter lhe dado àquela notícia de maneira tão rude. Por favor, acredite quando digo que não pretendia lhe contar daquele jeito confuso. Eu sabia que acabaria lhe contando algum dia. Parte de mim já queria fazer isso há muito tempo. Na verdade, estou até um pouco aliviado, porque agora você já pode me deixar, e eu já posso começar a esquecê-la.

Dei meia-volta e desci a colina correndo. Eu precisava encontrar Gabe e explicar que só me atrasara devido à chegada de mamãe, que não estava rompendo com ele.

6 comentários:

  1. Também já ouvi falar muito bem do livro, e já até pensei em lê-lo... Porém, (spoiler kk), me disseram que o final é meio triste (apesar de ser bom)... Eu tenho medo de finais tristes, na boa.
    kkkkk


    Adorei a resenha ^^

    Bjão, flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar do final que de fato é triste ele é muito bom de ler, porque é tão lindoo!

      Excluir
  2. Me interessei pelo livro. ótima postagem!
    Já seguindo o blog!!!
    Convido-a para seguir e comentar:
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou indo lá ver seu blog Luiza. *-* Obrigada!

      Excluir
  3. Que fofo.
    Quando eu li o trecho, imaginei que era um livro bom, agora com a resenha tive certeza.
    Tão bonitinho e ainda deixa uma lição p o leitor, adoro livros assim.

    ResponderExcluir
  4. Eu li esse livro e tinha chorado tanto, mas TANTO.
    Eu amei sua resenha, ficou maravilhosa. Fez juz ao livro.

    ResponderExcluir